Agora Motor logomarca

Carros locados em Goiás não eram devolvidos e iam parar até na Bolívia

2 minutos de leitura

Região central do estado do Goiás vinha sofrendo com furtos de veículos de plataformas de aluguel de carros. Porém, um ótimo trabalho da Polícia, efetuaram a apreensão de toda a quadrilha.

Cinco pessoas foram presas na capital Goiânia e em Anápolis por suspeita de fraudar locadoras de veículos. A polícia diz que alugaram carros com documentos falsos e não os devolveram.

Guia do Conteúdo

Como ocorreu o crime

Pessoas com documentos falsos foram presas por fraude na capital goiana e em Anápolis. A polícia diz que alugaram carros com documentos falsos e depois não os devolveram.

As investigações já confirmaram oito veículos que foram furtados dessa maneira. Há indícios de que alguns dos automóveis foram levados para a Bolívia, provavelmente para serem trocados por drogas. A polícia também descobriu um veículo roubado que foi abandonado na zona rural. As investigações estão em andamento com análise de tráfego telefônico e questionamento de suspeitos.

Cinco mandados de prisão foram cumpridos entre os dias 7 e 8 de abril. Houve outras duas prisões de pessoas supostamente ligadas à operação em janeiro deste ano, totalizando 7 prisões. Eles foram chamados de Operação Inquilino Infiel. As acusações incluem conspiração, tentativa de homicídio e crimes de armas.

A polícia de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Abadia de Goiás prendeu mais de 20 pessoas nos últimos dias. Ainda é cedo, mas eles acreditam que há mais membros da gangue no estado do que nunca.

Como é feito o aluguel de carro?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, alugar um carro é simples e exige poucos requisitos. Devido à pandemia do novo coronavírus, alguns requisitos foram modificados temporariamente para facilitar. Agora, para alugar um carro no Brasil, você só precisa ter no mínimo 18 anos, ter carteira de habilitação nacional, previdência e cartão de crédito para ser aprovado.

Foto: Reprodução

Ao alugar um carro, o usuário pagará o equivalente à diária pelo período de permanência no carro 24 horas por dia – ou seja, quando o carro for retirado às 10h, deve ser devolvido até as 10h da data de partida programada.

Devido esta facilidade os bandidos aproveitaram, alugaram os veículos com documentos falsos e não efetuaram a devolução do mesmo.

Acompanhe todas as novidades, notícias e muito mais. Tudo isso em apenas um lugar, o Agora Motor permite que você fique por dentro das notícias relacionadas com veículos e também os melhores artigos de seu modelo preferido.

Avalie este artigo

Avalie esse artigo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *