Agora Motor logomarca

Uso do celular no volante: mais de R$ 32 milhões reais foram aplicados em multa

2 minutos de leitura

Como já sabemos, os brasileiros não costumam controlar a ansiedade, o celular toca no trânsito e, mesmo diante da tecnologia – bluetooth, card play ou android auto -,  os motoristas acabam pegando no celular sem pensar em mais nada, no entanto, se engana quem pensa que a tremedeira para por aí.

Se fosse só falar, ainda seria perigoso, no entanto, existem ainda as diversas redes sociais e os aplicativos, os quais acabam comprometendo a segurança no trânsito e, além de exporem o motorista ao perigo, acabam expondo os pedestres também. Além disso, como já é de nosso conhecimento, o uso de celular no trânsito pode ser um dos responsáveis pelas multas.

De acordo com um levantamento realizado em conjunto com o Detran – Departamento Estadual de Trânsito -, dados revelam uma média de, aproximadamente, 28 multas pelo uso de celular no volante a cada hora no Brasil. Ademais, ao todo, foram registradas 246.438 infrações de trânsito por conta do uso de dispositivos na direção. Assim, ao considerar o valor da penalidade, em 2021, 130 reais e 16 centavos, ao multiplicar esse valor pelas infrações, e somar 4 pontos na carteira, o total aplicado passa dos R$ 32 milhões reais.

Além disso, o vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores do Seguro – Fenacor -, Carlos Valle, reforça que a educação é o único caminho, além disso, gera empatia. De acordo com ele, as pessoas ainda não assimilaram que, ao usar o celular, elas podem causar problemas, tanto a elas, quanto aos pedestres, além disso, estão cada vez mais desatentas e cada vez mais lentas. Ele ressalta também que, não são só os motoristas de carros que estão sujeitos a esses perigos, os condutores de bicicleta também estão sujeitos.

Em relação às multas, um dado natural pelo porte de trânsito e seus usuários, diz que 32% do total foi registrado no Estado de São Paulo, equivalente a 91.362 autuações por conta do uso de celular no volante.

Por fim, de acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego, o uso de celular na direção é responsável por quase 50% das atividades que resultam em falta de atenção ao conduzir, quando existem algum tipo de distração do motorista.

Celular no volante
Foto: Reprodução.

Fique ligado nas principais notícias do mundo dos motores, acesse o Agora Motor.

Avalie este artigo

Avalie esse artigo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *