Evite a Remoção do Seu Veículo Pagando Taxas e Multas Pendentes

Neste início de ano, além de quitar o Imposto sobre IPVA 2024, é fundamental que os motoristas fiquem atentos ao pagamento de multas atrasadas e da taxa de licenciamento dos veículos. Essa é a orientação do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).

A taxa de licenciamento de veículos, no valor de apenas R$39,36, deve ser paga até o dia 31 de março. Caso não seja efetuado o pagamento, o motorista corre o risco de ter seu veículo removido caso seja parado em blitz ou envolva-se em algum acidente de trânsito.

Outro ponto importante é a regularização das multas pendentes. Assim como a taxa de licenciamento, caso o pagamento não seja realizado, o veículo poderá ser removido pelos órgãos competentes.

Segundo o 2º Tenente Devair Dias Lopes, do BPTran, caso um motorista esteja conduzindo seu veículo sem estar licenciado e se envolva em um acidente de trânsito ou seja abordado em uma operação policial, seu veículo será encaminhado para um pátio credenciado. Nesse caso, o proprietário deverá arcar com as taxas e impostos pendentes, além das despesas referentes à estadia e remoção do veículo.

Remoção do Seu Veículo
Remoção do Seu Veículo

Em Minas Gerais, os carros recolhidos pelas polícias Civil ou Militar por infração de trânsito, penal ou restrição judicial serão removidos e levados para os pátios credenciados pela Coordenadoria Estadual de Gestão de Trânsito (CET-MG).

Para obter a liberação do veículo, de acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), é necessário regularizar a situação que originou a remoção ou apreensão, além de efetuar o pagamento das multas, taxas e despesas referentes à remoção e estadia. Vale ressaltar que a liberação do veículo ocorrerá apenas em horário comercial.

No caso de veículos com irregularidade administrativa, é preciso comparecer à unidade de atendimento da CET-MG ou à Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Praça Sete, em Belo Horizonte, para verificar as pendências do veículo. Após regularizar a situação, será emitido um alvará de liberação. Já no pátio credenciado, o condutor deverá efetuar o pagamento das despesas referentes à estadia e remoção.

No caso de veículos envolvidos em crimes (exceto quando se trata de recuperação de furto ou roubo), o condutor deve comparecer a uma delegacia com a documentação necessária e solicitar a autorização de liberação ao delegado de Polícia Civil.

Caso não saiba qual é a delegacia responsável pelo inquérito, basta dirigir-se à UAI Praça Sete ou à Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) da cidade para obter as informações.

Avalie esse artigo

Thiago Klaumann
Administrador de empresas, profissional de marketing e empreendedor na internet. Fã de Fórmula 1, Stock Car, Moto GP e demais categorias de corridas, é apaixonado por automobilismo desde criança. Piloto de kart nas horas vagas, está sempre antenado em todos os lançamentos do mercado. Atualmente dedica-se à redação do portal Agora Motor, publicando artigos, notícias, pesquisas, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
Posts relacionados
Notícias BMW R 1300 GS 2024 tem pré-venda a partir de R$ 99.900 pelo Mercado Livre

A nova BMW GS 1300 já está confirmada para chegar ao Brasil, com produção em…

Gabriel May Oechsler
Notícias Mercedes do John Lennon está à venda por mais de R$ 12 milhões

Uma verdadeira joia automobilística está disponível no mercado: trata-se de uma Mercedes-Benz 600 Pullman, fabricada…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Ford Mustang GT 2025 deve vir ao Brasil!

A Ford acaba de anunciar a tão esperada chegada da nova geração do icônico Mustang…

Gabriel May Oechsler
Notícias Mercedes admite, pela primeira vez, que não alcançará meta de elétricos

“Por favor, levante a mão se você previu isso.” Assim começa o texto da versão…

Fernando Calmon
Notícias Os 5 SUVs mais econômicos com motor flex!

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou a atualização final de 2023…

Vinícius Lima
Deixe seu comentário