Agora Motor logomarca

Novo Peugeot 408 é apresentado e promete ser o mais econômico e tecnológico da categoria

2 minutos de leitura

A Peugeot, uma das marcas do Grupo Stellantis, revelou seu novo modelo 408, apostando que o sedã “fastback” para atrair motoristas que querem um modelo diferente dos existentes.

A Peugeot acredita que sua onipresença despertou o desejo de mais criatividade entre alguns motoristas.

“(Alguns clientes do Peugeot 408) querem um estilo mais original e inovador do que o SUV compacto, que eles consideram comum”, afirmou em comunicado.

Os Fastbacks são conhecidos por uma única rampa do teto até a traseira do veículo, como visto no Ford Mustang. O novo 408 é menor e mais longo que o SUV 3008 da Peugeot, com linhas suaves e aerodinâmicas que lhe conferem uma silhueta distinta que o diferencia dos modelos convencionais.

No entanto, o novo carro, que será produzido em Mulhouse, leste da França, tem algumas características de SUV populares, como alta distância ao solo, rodas grandes e tampas plásticas pretas nos para-lamas, laterais e protetores traseiros.

Detalhes e características do Peugeot 408

O 408 será lançado na Europa e na China no início do próximo ano, com montagem em Chengdu em meados de 2023. Ele virá primeiro com um motor a gasolina e um híbrido a gasolina antes de mudar para uma versão totalmente elétrica.

O novo modelo com o logotipo do leão mede 4.687 mm (184,5 polegadas), um pouco mais longo que o 308 SW tradicionalmente moldado. Tem 1.859 mm (73,2 pol.) de largura e 1.478 mm (58,2 pol.) de altura, com uma generosa distância entre eixos que se estende até 2.787 mm (109,7 pol.).

Essas proporções também são quase idênticas às da van 308. As rodas podem ser tão grandes quanto este sofisticado conjunto de 20 polegadas, disponível em níveis de acabamento de alta qualidade.

Com os bancos traseiros no lugar, o porta-malas pode ter 536 litros ou 1.611 litros com os bancos traseiros rebatidos na versão somente a combustão. Devido ao seu perfil mais elegante, ele não consegue igualar a praticidade oferecida pelo 308.

Motor 1.2 de 3 cilindros com 130 cv (consumo médio de cerca de 16,7 km/l, ainda não certificado, mas com dados Citroen como referência) e dois híbridos plug-in.

Ambas as versões PHEV usam um motor de 1,6 litro, mas produzem 150 e 180 cavalos de potência, respectivamente. Quando somado ao motor elétrico dianteiro de 110 cv, o Peugeot 408 híbrido plug-in atinge 180 cv ou 225 cv – sendo esta última a versão e-225, com consumo médio de 76,9 km/l.

Peugeot
Imagem retirada do site: QuatroRodas.

Veja e acesse o Agora Motor e conheça as novidades do mundo dos motores.

Avalie este artigo

Avalie esse artigo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *