Shineray RAY 50 2023: Preço, Ficha Técnica, Consumo e Imagens

A Shineray RAY 50 2023 é uma moto que veio passando por algumas polêmicas e processos nos últimos dias, onde foram acusados de cópia pela Honda, porém a RAY 50 é uma moto de 50cc que promete entregar a potência de motos de maior cilindrada, conheça a moto.

Polêmica

Não temos como falar da RAY 50 2023 sem citar essa polêmica que está envolvendo a moto, que inclusive irá limitar nosso review sobre ela, pelo fato da moto estar sob processo, a Shineray teve que tirar o modelo de linha até que os processo seja terminado, onde ela continuará sendo comercializada ou não.

Visual da Ray 50 2023.
A Shineray Ray 50 2023 é uma scooter, dedicada a mobilidade urbana. Foto: Reprodução

O que resultou nesse processo, foi que a Honda processou a empresa por plágio da sua moto Honda Biz, onde está sendo alegado falta de originalidade pela empresa, porém o processo ainda está em andamento e a moto segue fora de linha até o momento. Confira essa notícia com a nota de esclarecimento da Shineray em relação a esse processo.

“Até o momento em dezembro de 2023, a moto segue fora de linha da Shineray, sem previsão de voltar a venda até o momento!”

Confira a Shineray Phoenix 50 2023

Visual da moto

Quando se trata de aparência, seu estilo é de uma scooter urbana, de fato ela tem certa similaridade com a Biz, porém acaba variando um pouco em alguns detalhes, o que não ajudou a empresa foi a escolha da cor, que ficou igual da Biz, facilitando o processo.

A moto traz um painel de instrumentos analógico, com hodômetro e marcador de combustível, seu banco é amplo e conta com espaço para duas pessoas, possuindo também um apoio na traseira que permite acoplar algo. No mais ela segue o mesmo que suas outras motos e do mercado.

Algo que ficou extremamente igual com a Biz, foi o seu farol e a linha do pisca-alerta da moto, que realmente são iguais, a roda da moto é feita de liga leve e pintada na cor preta, e ainda conta com freio a disco na roda dianteira.

Lateral da RAY 50 2023.
A RAY 50 2023 foi processada pela Honda, por “não possui originalidade própria”. Foto: Reprodução

Confira também a Shineray JET 125 2023

Motorização da Ray 50 2023

Quando se trata da sua motorização, a Shineray tinha ocultado sua cavalaria, foi lançado a RAY 50 Turbo, que prometia bater a potência de uma Biz 125 que entrega um total de 9,2 cv, é algo difícil de dizer se ela bate ou não, e se bate pode ser uma estratégia para acabar pagando menos imposto, já que é uma moto de 50 cc.

Porém, a moto também pode ter grande de chance ter uma motorização parecida com o seu outro modelo, a Jet 50, que nesse caso tem uma potência de 2,9 cv, sendo 3 vezes menor que a Biz 125. Mas se olharmos seus componentes, por mais que ela esteja listada como 50cc, conta com componentes de motos de até 100cc.

Confira a Honda Biz 125 2023!

Consumo da Shineray Ray 50 2023

A média de consumo da moto pode variar com cada piloto, mas já que a moto promete uma potência de uma moto de até 125cc, a Biz 125, por exemplo, consegue fazer mais de 60 km/l, já que tem uma injeção de combustível moderna e eficiente, a Ray 50 faz uma média que combina com o seu nome, fazendo uma média de 50 km/l.

Shineray RAY 50 dentro de uma concessionária.
A Shineray Ray 50 2023 é uma moto que tem uma potência acima do prometido. Foto: Reprodução

Confira muito mais sobre a Shineray 50 2023

Preço da Shineray Ray 50 2023

A Ray 50 2023 antes de ser retirada do mercado, estava saindo por um preço de R$ 8.990,00, mas você ainda encontra o modelo à venda em algumas concessionárias e modelos usados, ficando a mercê da FIPE da Ray 50 que você pode conferir no Agora Motor.

Ficha Técnica da Ray 50 2023

A Ficha técnica de um veículo é muito importante para um maior entendimento sobre ele, mas nesse caso pelo fato da moto ter sido retirada do site, acabamos perdendo o acesso a sua ficha técnica, que também não encontramos nenhum dado concreto em outros lugares sobre o lançamento do novo modelo.

Confira muito mais sobre a Shineray XY 50-Q2 Retro 2023

Minha opinião sobre a moto

“Sem dúvida a Ray 50 entrega uma potência acima do declarado, por mais que ela esteja homologada como uma moto de 50cc, pode se considerar uma potência de uma moto de até 100cc, sobre sua polêmica, ela realmente é semelhante com a Honda Biz, seu preço é bastante competitivo e seu processo é difícil de dizer se foi apenas pela aparência ou se sua motorização mascarada incomodou um pouco.”

Confira esse vídeo sobre a moto:

Canal: EDI SILVA curiosidades da Net oficial

E qual sua opinião sobre essa treta com a Shineray e Honda? Será que a RAY 50 2023 é uma moto boa em relação custo-benefício? Comente o que você pensa nos comentários, e também não perca tempo e deixe uma avaliação com as estrelas no artigo, é algo muito importante para nós e que custa apenas um clique.

E para você que é apaixonado pelo mundo automotivo, sempre atento as novidades e lançamentos, que gosta também de corridas, motos e outras coisas relacionadas, conheça o site Agora Motor, que conta também com uma Tabela FIPE para você acompanhar o preço dos veículos.

Perguntas Frequentes

Qual o preço da Shineray RAY 50 2023?

A Ray 50 2023 antes de ser retirada do mercado, estava saindo por um preço de R$ 8.990,00, mas nada te impede o modelo à venda em algumas concessionárias e modelos usados.

O que aconteceu com a Shineray RAY 50 2023?

A RAY 50 2023 vem passando por turbulências, já que está sobre processo com a Honda, onde foi alegado que a RAY 50 é um plágio da Honda Biz, e não possui originalidade própria, onde foram obrigados a tirar a moto de linha enquanto o processo estiver rolando, onde ao final dele será decretado se a moto poderá permanecer no mercado ou não.

Como é o visual da moto?

O estilo da moto é de uma scooter urbana, com alguns detalhes que lembram a Honda Biz. Ela tem um painel de instrumentos analógico, com hodômetro e marcador de combustível, banco amplo e espaço para duas pessoas.

Qual é a potência da Ray 50 2023?

A potência da Ray 50 2023 não foi divulgada oficialmente pela Shineray. Porém, a empresa lançou a RAY 50 Turbo, que promete bater a potência de uma Biz 125 que entrega um total de 9,2 cv. A moto também pode ter uma motorização parecida com o seu outro modelo, a Jet 50, que nesse caso tem uma potência de 2,9 cv.

5/5 - (16 votos)

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Motos Veja 5 excelentes motos para quem gosta de viajar!

Neste texto você verá cinco opções de motos para viagens disponíveis no mercado brasileiro, confira!

Thiago Klaumann
Motos Honda XRE 190 vale a pena? Veja detalhes da moto!

A Honda XRE 190 é uma moto trail que tem conquistado cada vez mais espaço…

Bruno Martendal
Motos Kawasaki Ninja ZX-4R 2024: Preço, Potência, Velocidade, Consumo e Ficha Técnica

Hoje vamos conhecer a mais nova moto da Kawasaki, que é a Ninja ZX-4R 2024….

Gabriel May Oechsler
Motos Moto elétrica vs Moto a combustão: Revelando como a SUDU A7 pode facilitar sua vida economizando dinheiro

As motos a combustão e as motos elétricas são duas opções diferentes de transporte de…

Thiago Klaumann
Motos Voltz EVS 2024: Preço, Ficha Técnica, Consumo e Fotos

Hoje vamos conferir quais as novidades para a Voltz EVS 2024, ela que é a…

Gabriel May Oechsler
16 comentários
  • Responder

    Moto boa de baixo custo benefício, ótima para andar em bairro, fazer compras em mercado de pequenas coisas é econômica. O que diferencia da Honda é o preço, a Honda é muito cara, e pessoas de baixa renda não conseguem ter uma. Eu dou contra esse embate, eu fico com a Shineray!

    • Responder

      Realmente a Shineray tem essa vantagem, por mais que Honda acabe trazendo melhores componentes, a relação custo x benefício que a Shineray traz em alguns dos seus modelos, pode ser de grande agrado ao público.

  • Responder

    Comprei a Ray 50 cc, mais ela tem um diferencial, faz 100 na pista, custo benefício ótimo. Obs: comprei para o meu neto, mais meu genro que só compra moto na Honda, gostou da Ray 50. Comprei por R$ 8.890

    • Responder

      Olá Cibele, bacana o seu relato, agradecemos muito!

  • Responder

    Então, eu tenho a Ray 50 2022 gostei bastante, não vejo motivo para a Honda implicar com a Shineray sobre a questão da semelhança. Eu fico com a Shineray ❤️‍🩹 Ainda adquiri por R$ 8.490,00. Um detalhe que não gostei foi a questão do chassi, que fica embaixo, dificultou a visibilidade da numeração. Caso haja uma blitz, e na hora que fui emplacar e colocar no seguro, todo esse processo foi feito com o número do motor…

    • Responder

      Bom dia Maria, realmente a Ray 50 vêm sendo muito bem elogiada pelos seus compradores, agradecemos o seu relato 🙂

    • Responder

      Ganhei uma de presente do meu esposo, ele escolheu a Biz da ronda, e eu decidi pela Ray 50 cc 2023 vermelha, me apaixonei de cara, gente muito top, o design é perfeito, e comprei por R$7.990 aqui no Maracanaú Ceará, parabens!

  • Responder

    Ela veio na cor preta? Com o banco preto?

    • Responder

      Bom dia Bryan, é possível encontra ela na cor preta, com os bancos e alguns detalhes em caramelo.

  • Responder

    Estou com uma Ray 50 a um mês, até o momento ela cumpre o que promete, anda bem, ótima autonomia de consumo, ando com ela na cidade e na estrada em pequenos trechos (30km), a única coisa que não gostei muito foram os antigos faróis halógenos, mas nada que uma troca por uma lâmpada led não resolva.

    • Responder

      Realmente, nada que um pequeno ajuste não resolva hehe

  • Responder

    Comprei uma Ray 50, está com 1.267km rodados, está fazendo a media de 40,7 km/L. Levei a moto em três mecânicos de confiança e todos foram unânimes em afirmar que se trata de um motor de 110cc. Estou gostando da moto, fiz um teste na rodovia e em uma descida atingi 115km/h e na reta chega facilmente a 90km/h. Em relação a qualidade do acabamento eu gostei muito, embora nesses mais de mil km rodados troquei o relê do pisca, lâmpada traseira e a fiação da buzina que queimou ou apenas arrebentou. Fora isso, deixo aqui minha satisfação em relação a moto, visando adquirir muito em breve uma Jet 125, essa já com painel digital. Em relação a reposição de peças, encontra-se facilmente nas concessionárias e algumas peças da Biz também servem nela. Um ponto negativo é a lâmpada do farol, o modelo da Ray é único, só serve o original, estou vendo a possibilidade de adaptar um soquete da Biz para colocar uma lâmpada de led ou até mesmo uma comum de modelo universal.

    • Responder

      Bom dia Ederson, muito bacana seu comentário!

  • Responder

    Poxa vida. Justo agora que queria eu comprar uma, linda e completa essa Shineray. A honda é injusta e o povo tem que parar de dar credito excessivo a essa marca honda carissima e ultimamente nao está mais de prmieira linha nao, as carenagens estao frouxas, peças carissimas. Injusto isso. A Shineray nao deve nada a Honda. Honda Cale se e perca a causa para a Shineray Ray. Shineray tem fabrica propria. Profetizo a perda da causa da Honda contra a Shineray, embora comprei uma PCX maravilhosa, mas as peças sao carissimas, amo ela,vou continuar com ela mas quero essa Shineray Ray. Faça me o favor, juiz, de ganho ganho de causa para Shineray para a alegria dos pobres que nao podem comprar uma moto carissima como as da Honda ou Yamaha!

  • Responder

    Tive muito prejuízo com a minha Ray 50, comprei em janeiro, quando cheguei em casa com ela, observei vazamento de óleo por uma peça, ou seja a moto estava já quebrada.
    Tem boa desenvoltura. O problema é que acho que a minha já veio batizada de fábrica, com vários defeitos, peças fracas, a moto estava cheia de vícios, bateria já está ruim. No mês de junho a partida parou de pegar, agora estou atrás de providências, a moto vem apenas com 3 meses de garantia, isso não vale a pena.

  • Responder

    Pior marca que existe, não dão garantia da moto, peças caem no meio da rua, moto com erro de projeto nas carenagens, enfim, se arrependimento matasse!

Deixe seu comentário