Volvo XC90 sofre recall por problema no cinto de segurança nos EUA.

Volvo convoca recall para XC90 nos Estados Unidos: Problema relacionado aos assentos da segunda fileira pode comprometer a segurança dos ocupantes.

A renomada montadora sueca Volvo anunciou um recall para 2.911 unidades do XC90 nos Estados Unidos. A convocação, emitida pela NHTSA (Administração Nacional de Segurança Rodoviária, na sigla em inglês), órgão responsável pela segurança viária no país, abrange veículos fabricados entre dezembro de 2014 e setembro de 2023.

Visual do XC90 2024.
Visual elegante e robusto do XC90 2024. Foto: Divulgação

O recall foi necessário devido a um problema identificado nos assentos da segunda fileira, fornecidos pela empresa Adient Sweden. Durante o processo de produção, esses assentos foram encaminhados para uma linha de reparos que, por algum motivo, não contava com o monitoramento adequado do torque angular. Como resultado, aproximadamente 5% dos assentos apresentaram fivelas de cinto de segurança mal apertadas.

Essa falha na fixação dos cintos de segurança representa um risco significativo de lesões em caso de acidente. Para solucionar o problema, a Volvo instruiu seus revendedores autorizados a inspecionar o torque do parafuso de ancoragem da fivela do cinto de segurança da segunda fileira, garantindo que todos os parafusos estejam apertados corretamente.

Embora a responsabilidade pela falha recaia sobre a fornecedora dos assentos e não diretamente sobre a Volvo, é irônico que essa situação ocorra com uma marca reconhecida por seu investimento em segurança veicular e que foi a inventora do cinto de três pontos. O orgulho da empresa em relação a essa inovação é tão grande que seu logotipo faz referência a ela.

Até o momento, não há informações sobre a possibilidade de unidades do Volvo XC90 vendidas no Brasil serem afetadas pela mesma falha. No entanto, como o SUV é importado para o país, essa possibilidade não pode ser descartada. É necessário aguardar um posicionamento oficial da empresa para esclarecer a questão.

Nos Estados Unidos, os proprietários afetados serão notificados por meio de uma carta. Essas comunicações serão enviadas a todos os proprietários até o dia 24 de janeiro de 2024. A Volvo está tomando todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos seus clientes e resolver prontamente essa questão.

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias BMW R 1300 GS 2024 tem pré-venda a partir de R$ 99.900 pelo Mercado Livre

A nova BMW GS 1300 já está confirmada para chegar ao Brasil, com produção em…

Gabriel May Oechsler
Notícias Mercedes do John Lennon está à venda por mais de R$ 12 milhões

Uma verdadeira joia automobilística está disponível no mercado: trata-se de uma Mercedes-Benz 600 Pullman, fabricada…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Ford Mustang GT 2025 deve vir ao Brasil!

A Ford acaba de anunciar a tão esperada chegada da nova geração do icônico Mustang…

Gabriel May Oechsler
Notícias Mercedes admite, pela primeira vez, que não alcançará meta de elétricos

“Por favor, levante a mão se você previu isso.” Assim começa o texto da versão…

Fernando Calmon
Notícias Os 5 SUVs mais econômicos com motor flex!

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou a atualização final de 2023…

Vinícius Lima
Deixe seu comentário