Agora Motor logomarca

VW anuncia maior investimento em marketing e aumento de produção do modelo Taos para o Brasil

Os últimos 18 meses foram um período turbulento para as montadoras, com escassez persistente de semicondutores resultando em falhas frequentes nas metas de produção.

Dito isso, a Volkswagen, a segunda maior montadora do mundo, não parece estar preocupada com a escassez e quer aumentar a produção no segundo semestre do ano. Embora sua fábrica de Wolfsburg produza menos de 400.000 carros em 2021, bem abaixo da meta inicial de cerca de 730.000, de acordo com o conselho de administração da empresa, a meta é aumentar a produção de alguns modelos que trazem maior lucro nas vendas.

Ao investir US$250 milhões em fábricas nos países vizinhos, a VW Taos aumentará o número e a produção de componentes localizados para abastecimento local e exportação para o Brasil.

Nova Fábrica, novo projeto

A nova fábrica faz parte do projeto Trinity da Volkswagen, que começará em 2026 e verá a empresa construir um sedã elétrico em Wolfsburg. A Volkswagen está bem ciente da expansão dos veículos elétricos na Europa e a empresa planeja parar de vender modelos em uma data posterior. Para outros mercados, será adotada uma abordagem mais relaxada.

Apesar da escassez de semicondutores, a Volkswagen também planeja aumentar a produção global no segundo semestre do ano. Vários modelos das marcas premium da VW, como Porsche e Audi, estão esgotados em 2022, enquanto o negócio de caminhões elétricos da empresa está crescendo.

VW Taos é o plano A

A fabricante em breve aumentará a quantidade de campanhas publicitárias para o SUV médio devido ao aumento da produção na Argentina. O CEO comentou que uma das principais dificuldades da Taos neste momento é a rede de abastecimento, comprovando seu desempenho de vendas mais tímido em relação ao Toyota Corolla Cross e Jeep Compass.

O VW Taos é vendido em duas versões, com preços entre 177.460 reais (Comfortline) e 206.950 reais (Highline), além de opcionais e cores especiais. O SUV de médio porte foi um dos classificados na época do redesenho para apresentar um trem de força híbrido leve com motor 1.4 TSI sendo testado no Brasil, conhecido na Europa como eTSI.

VW Taos azul com montanhas ao fundo
Imagem retirada do site: Motor1.

Acesse e veja todos os detalhes e lançamentos do mundo dos motores. Acesse o Agora Motor.

Avalie este artigo

Avalie esse artigo

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.