Veja como ficou o Grid o GP da Arábia Saudita da F1 2022

Acompanhe tudo neste Web Stories do Agora Motor!

A F1 chega na segunda etapa do campeonato, tendo uma corrida polêmica na Arábia Saudita, em Jedá. A Ferrari chega na liderança, e a Red Bull tenta recuperar o prejuízo da corrida do Bahrein.

Essa semana houve um ataque nas proximidades do autódromo, e muito se falou em cancelar o GP da Arábia Saudita. Mas após reunião de quatro horas, os pilotos decidiram correr.

Os trabalhos começaram na sexta-feira com 2 treinos livres, e 1 treino livre no sábado. No treino de classificação, tivemos uma bandeira vermelha no Q1, após batida de Latifi da Williams.

A grande decepção ficou com Lewis Hamilton. O piloto 7 vezes campeão foi eliminado no Q1. Isso não acontecia desde do GP do Brasil em 2017, quando ele bateu. Tirando isso, foi a pior largada em 13 anos.

No Q2 houve uma batida muito forte de Mick Schumacher, piloto da Haas, que ocasionou bandeira vermelha de novo. O carro saltou na zebra e atingiu o muro.

Mas felizmente o piloto passa bem. A asa traseira se separou do carro. O treino ficou parado mais de 1 hora para remoção do carro e limpeza da pista.

Veja nesse Web Stories do Agora Motor como ficou o grid de largada do GP da Arábia Saudita da Fórmula 1 2022! Acompanhe a seguir!

1º Perez (Red Bull) 2º Leclerc (Ferrari) 3º Sainz (Ferrari) 4º Verstappen (Red Bull) 5º Ocon (Alpine) 6º Russell (Mercedes) 7º Alonso (Alpine)

Grid Completo

8º Bottas (Alfa Romeo) 9º Gasly (AlphaTauri) 10º Magnussen (Haas) 11º Norris (McLaren) 12º Ricciardo (McLaren) 13º Zhou (Alfa Romeo) 14º Schumacher (Haas)

15º Stroll (Aston Martin) 16º Hamilton (Mercedes) 17º Albon (Williams) 18º Hulkenberg (Aston Martin) 19º Latifi (Williams) 20º Tsunoda (AlphaTauri)

Novamente os motores Ferrari e Red Bull Honda tiveram melhor desempenho que os motores Mercedes. Parece que os alemães terão muito trabalho esse ano!

Arraste e vote em nossa enquete e diga quem você acha que será o grande campeão da temporada 2022 da Fórmula 1!