Veja o que aconteceu com o motor da Ferrari de Leclerc em Barcelona

Acompanhe tudo neste Web Stories do Agora Motor!

Nesta 6ª etapa da Fórmula 1 2022, o piloto Charles Leclerc da equipe da Ferrari estava indo muito bem. Mas na metade do GP da Espanha, o piloto teve que abandonar a pista de corrida.

Ele estava liderando o GP e a competição de pilotos, mas teve que deixar a pista. Tudo aconteceu devido a um erro da Ferrari, que fez o seu motor perder potência, precisando ser levado a garagem.

Na hora da competição, essa falha era desconhecida, por isso a equipe mandou o motor para a fábrica, em Maranello. Lá foi descoberto uma coisa que não agradou nem o piloto e nem a equipe.

Pois viram que o turbo e o MGU-H estão muito danificados, de tal forma que não é mais possível fazer o reparo. A Ferrari disse que não foi um problema do projeto e nem da confiabilidade das peças.

Portanto, segundo a montadora, esse problema foi único e causado por circunstâncias externas. Ou também pela forma que esses componentes estavam sendo utilizados.

A F1 tem regras que limitam a quantidade de uso desses componentes por temporada. Podendo ser utilizado somente 3 por pilotos, e Leclerc já utilizou duas vezes em 6 etapas.

Agora a equipe vai ter que decidir se vai utilizar os componentes do início da temporada, ou utilizará os novos. Isso deixa o piloto em desvantagem, pois poderá perder posições no Grid com punições.

Arraste para cima e deixe seu voto em nossa enquete no site Agora Motor, escolhendo quem você acha que vai ser o campeão dessa temporada!