Agora Motor logomarca

Ford Ranger com nova geração deve desembarcar no Brasil até 2023!

2 minutos de leitura

A Ranger, que é inspirada na irmã F-150, é fabricada na Argentina deve chegar até 2023 no Brasil, é o que a montadora Ford afirmou recentemente.

Após alguns anos de cobranças, especulações e sugestões de um novo modelo da Ranger, a Ford anunciou na Austrália a nova geração da Pick Up. O grupo americano escolheu o país para mostrar detalhes da caminhonete que foi inspirada em outro modelo da marca. A já consolidada F-150. E ainda confirmou que sua estreia está agendada até 2023 para todo o território nacional.

Guia do Conteúdo

Sobre a nova Ranger

Ford Ranger
Foto: Divulgação

O modelo será fabricado na Argentina e importado até o Brasil como alguns modelos já estão fazendo. O lançamento oficial para alguns países fica ainda para 2022, mas para os brasileiros nos resta esperar até o ano que vem. 

O modelo que é inspirado na outra picape da marca a Ford F-150 possui novas grades, novo design e muito mais. A versão apresentada possui um amarelo chamativo e brilhante que combinou bastante com o design.

Visualmente, a nova Ranger é inspirada no F-150, o que já era de se esperar, já que o Maverick também adotou essa linha de design. Na dianteira, a picape recebe faróis em forma de C e uma faixa conectando os emblemas ovais dianteiro e central. Na traseira, as mudanças são mais discretas, incluindo um recesso na parte inferior para acomodar o nome do modelo.

Muita atenção é dada ao interior, principalmente a enorme tela de 12 polegadas no centro multimídia montado verticalmente. O sistema é o SYNC 4, o mesmo do Mustang Mach-E, com comandos de voz e conectividade com a internet. A aplicação Ford Pass também permite ligar remotamente o seu veículo a partir do seu smartphone.

A Ford ainda não forneceu muitos detalhes mecânicos, mas diz que manterá a versão 2.0 diesel na Europa com um turbo ou dois. E substituirá o atual 3.2 de cinco cilindros da Ranger 2022 pelo turbo 3.0 V6 do F-150. A única opção a gasolina é o EcoBoost de quatro cilindros turbo de 2,3 litros.

Além do câmbio com 10 posições, a transmissão também pode ser manual ou automática de seis marchas.

A novidade mecânica é o sistema de tração 4×4, que seguirá todas as opções do modelo atual (4×2, 4×4 split 50/50 e redução 4×4). No entanto, agora ele terá um modo de tração nas quatro rodas 4×4 sob demanda que distribui a energia conforme necessário.

Acompanhe todas as atualizações e novidades no Agora Motor!

Avalie este artigo

5/5 - (1 votos)

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *